Um tesouro de mais de 50 mil anos. É assim que o Parque Nacional Serra da Capivara pode ser definido. Localizado no município de Raimundo Nonato, no Estado do Piauí, o parque abriga um dos mais ricos sítios arqueológicos do mundo, além de uma das mais belas paisagens brasileiras.

Conhecer a Serra da Capivara não é só mergulhar num dos capítulos mais antigos da história da humanidade, é também conhecer uma das paisagens mais lindas do Brasil, onde o sol brilha quase durante todo o ano e o céu alcança tonalidades de azul inimagináveis.

Vegetação densa da caatinga, canyons gigantescos, pequenas ilhas de florestas e cerrados, morros de mármore cinza e negro, lagoas e fontes naturais completam o quadro da natureza exótica e estonteante do lugar.

O Parque Nacional Serra da Capivara foi criado em 1979 para proteger a área que abriga mais de 400 sítios arqueológicos, onde estão os mais remotos vestígios da ocupação humana na América do Sul. Devido à sua importância histórica, o Parque faz parte do Patrimônio Cultural Mundial, título concedido pela Unesco, desde 1991.

São quilômetros de galerias de vários andares, decoradas por gravuras e pinturas rupestres. Através das enormes pinturas coloridas é possível conhecer um pouco das atividades e dos costumes dos homens e mulheres pré-históricos, e também identificar alguns dos animais que viviam na região – entre eles a capivara, que acabou dando nome ao local. São mais de 30 mil pinturas rupestres catalogadas, numa área de 130 mil hectares.

Mais de 30 sítios estão preparados para a visitação, como as tocas do Salitre, do Boqueirão da Pedra Furada, do Caldeirão do Rodriguez e do Baixão das Mulheres. Para chegar a eles existem diversas trilhas, de diferentes níveis de dificuldade, que atraem aventureiros de todo o país. Em São Raimundo Nonato também está o Museu do Homem Americano, que contém ferramentas, cerâmicas e vestígios arqueológicos mostrando a evolução do homem no continente.

 

Exibir mapa ampliado