ITCP
Itcp
a itcp
metodologia
Sistemas
ProjetosPublicaesParceirosRedesContato
Portal do Cooperativismo Popular Acesse o webmail
Vdeos
Livros
Fotos
Cadernos
Textos

Textos

Empreendimentos sustentáveis, tecnologia da informação e desenvolvimento local: desafios para a metodologia de incubação de cooperativas populares - Texto de Inessa L. Salomão, Gonçalo Guimarães, Gabriela Egler, João Guerreiro, Lúcia Lambert e Valéria Braga. Os anos 90 foram marcados pelo surgimento de alternativas de geração de trabalho e renda para a população em situação de exclusão. Em um contexto de grave crise social, foi criada dentro da Universidade Federal do Rio de Janeiro a primeira experiência de incubação de empreendimentos voltados à população de baixa renda: as Incubadoras Tecnológicas de Cooperativas Populares (ITCP). Esta matriz teórica foi disseminada através de transferência metodológica, tendo como referência a ITCP/COPPE/UFRJ. A partir do ano 2000, a metodologia utilizada para o processo de incubação foi reformulada para atender ao amadurecimento das cooperativas populares incubadas e à complexidade de conceitos apostos. [...] Este artigo não pretende responder a uma série de questões inerentes à reversão da pobreza. No entanto, no bojo do uso da tecnologia no combate à pobreza estão relacionadas duas discussões profundas: a necessidade de educação básica e a adição de valor ao trabalho. Entendida como parte de uma estratégia mais ampla, inclusive de política pública, para a promoção do desenvolvimento local, a incubação deve estar associada à organização de arranjos produtivos locais eficientes. As cooperativas populares incubadas se orientadas e geridas de forma consistente configuram-se num elo da cadeia produtiva, com grandes potencialidades para a geração de ocupação e cooperação com outros empreendimentos em rede. Clique aqui para ler o texto.



Portal do Cooperativismo Popular formação informação e comunicação - Texto de Gonçalo Guimarães, coordernador geral da ITCP, sobre o Portal de Cooperativismo Popular. Clique aqui para ler o texto.



Empreendedorismo - Políticas Públicas voltadas para as Economias Solidárias e Empreendedorismo - Texto de João Guerreiro, Gonçalo Guimarães, Gabriela Egler e Inessa L. Salomão. Este artigo busca apresentar o contexto no qual a ITCP/COPPE/UFRJ surge, de forma pioneira, em uma universidade brasileira e como a criação de Incubadoras de Cooperativas Populares rompe com a tradição dos programas pontuais de combate ao desemprego e torna-se uma referência para políticas públicas municipais, estaduais e federal. Além de discutir a metodologia de incubação destas cooperativas populares e o perfil do público-alvo da ITCP/COPPE/UFRJ, o artigo apresenta o perfil da equipe da ITCP e demonstra o porquê dela ser interdisciplinar, com profissionais (professores, alunos e técnicos) oriundos da área social à área tecnológica, atuando desde a organização dos grupos e a formação do cooperativismo até a inserção no mercado de trabalho. Clique aqui para ler o texto.



Turismo e Cooperativismo Popular: A experiência da ITCP no nordeste brasileiro - Texto de Gonçalo Guimarães, Vânia Sanches e Gustavo Portela. Este artigo trata das experiências da Incubadora Tecnológica de Cooperativas Populares – COPPE/UFRJ no âmbito do projeto de “Reaplicação de Tecnologia Social de Incubação de Cooperativas Populares e Organização Comunitária em Áreas com Baixo Índice de Desenvolvimento Humano (IDH), com Potencial Turístico”, efetuado em parceria com o Ministério do Turismo (Mtur) e a Agência Espanhola de Cooperação Internacional e Desenvolvimento (AECID) entre os anos de 2006 e 2008, visando o fortalecimento de empreendimentos populares em áreas de interesse turístico através da implantação de incubadoras de cooperativas populares. Clique aqui para ler o texto.



Incubadora Tecnológica de Cooperativas Populares (COPPE/UFRJ) - Texto de Pedro Cláudio Cunca Bocayuva publicado no livro Redução da Pobreza e Dinâmicas Locais (Coleção FGV Prática). Organizadores Ilka Camarotti e Peter Spink. Rio de Janeiro: Editora FGV, 2001. 328p. Clique aqui para ler o texto.

versão para impressão